Portal Domínio público

O Portal Domínio Público, lançado pelo Governo Federal em novembro de 2004, é talvez a iniciativa pioneira com maior longevidade no Brasil. O serviço permite o acesso a obras textuais – livros, teses…, imagens, áudios e vídeso. Oferece hoje, conforme consulta em 10.2018, a um total de quase 200 mil itens, pouco mais de 90% deles em textos.

Embora sem divulgação e alimentação regular, a pesquisa ao portal traz surpresas e exige consulta regular. A busca em fotografia, por exemplo, traz parte importante do acervo da Fundação Joaquim Nabuco (Recife), embora sem os dados extensos como autoria, mas às vezes com arquivos em melhor qualidade que o portal desta instituição.

link direto:http://www.dominiopublico.gov.br

.inserção em: 2018.10.04 – RM

Banco de teses sobre cinema brasileiro

O Banco de teses sobre cinema brasileiro, abrigado no site Mnemocine, apresenta resumos e dados sobre
teses e dissertações dedicadas ao cinema brasileiro, defendidas no país e no exterior.  Inclui ainda relação sobre dissertações e teses sobre temas internacionais.

.link direto: http://www.mnemocine.com.br/index.php/banco-de-teses

.link genérico: http://www.mnemocine.com.br

 

.inserção em: 2015.12.28 – RM

Museu do Índio – FUNAI (RJ)

O Museu do Índio, da Fundação Nacional do Índio – Funai, disponibiliza parte de seu acervo nos catálogos online dos acervos museológico e bibliográfico. Embora a visualização de imagens seja mínima, é possivel ter acesso a parte dos  76.821 registros audiovisuais e 833.221 documentos textuais (cf.site 03.2015). A coleção inclui ainda quase 16 mil peças etnográficas e quase o mesmo número de publicações.

.link direto: http://museudoindio.gov.br/pesquisa/acervo-online (acervo museológico)

.link genérico: http://museudoindio.gov.br

.inserção em: 2015.03.11 – RM

 

Salas de cinema em São Paulo: 1895-1929

A página Salas de cinema em São Paulo: 1890-1929, resultado do projeto de pós-doutorado – Inventário dos espaços de sociabilidade cinematográfica
na cidade de São Paulo: 1895-1929
desenvolvido por José Inácio de Melo Souza sobre o acervo do Arquivo Histórico de São Paulo, oferece acesso à base de dados do projeto e ao hotsite da exposição homônima realizada em 2012 (Galeria Olido, SP).

Estão disponíveis na base todas as informações sobre as salas e espaços de cinema do período incluindo reproduções de pranchas de arquitetura, fotos etc. A exposição final é apresentada através dos painéis completos, bem como fotos da montagem, folders e gravações do ciclo de palestras paralelo ao evento. A mostra inclui ainda modelo digital do Cine Teatro República, a partir das pranchas custodiadas pelo AHSP, em sua configuração ao final da década de 1920.

 

link direto: http://www.arquiamigos.org.br/bases/cine

link genérico: http://www.arquivohistorico.sp.gov.br

 .inserção em: 2015.02.23 – RM

BCC – Banco de Conteúdos Culturais

Em 2010 a Cinemateca Brasileira disponibilizou em interface distinta do site institucional parte das coleções digitalizadas de fotos e cartazes de filmes brasileiros, bem como reportagens do conjunto documental da TV Tupi.

O acesso é ágil, menos burocrático, permitindo assistir cópias de filmes em versão integral em vários casos como o período silencioso.

.link direto:  http://www.bcc.org.br

.link genérico: http://www.cinemateca.org.br

.inserção em: 2013.01.11 – RM

Cartazes – Cinemateca Brasileira

Entre as raras coleções online de interesse para artes gráficas destaca-se o acervo da Cinemateca Brasileira com exemplares sobre filmes e eventos do setor. O conjunto disponível no site atinge 9003 registros, com cerca de 2300 reproduções. Cada registro inclui dados eventuais sobre gráfica, ano de impressão etc. Todos os cartazes brasileiros estão linkados com a base de filmes.

.link direto: não há

.link genérico: http://www.cinemateca.org.br

Na página de abertura, acesse no menu horizontal o item BASES DE DADOS, depois CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E PESQUISA

.inserção: 2010.10.27 – RM

Cinearte (1926-1942) e A Scena Muda (1921-1955)

Biblioteca Digital das Artes do Espetáculo

Todas as edições das revistas de cinemas  – A Scena Muda(1921-1955) e Cinearte (1926-1942) – estão disponíveis no projeto organizado pela Biblioteca Jenny Klabin Segall, do Museu Lasar Segall (SP).

link direto: http://www.bjksdigital.museusegall.org.br/

link institucional: http://www.museusegall.org.br

.inserção em: 2010.10.01 – RM

TV Tupi (SP) – Diários Associados

TV Tupi

Base organizada pela Cinemateca Brasileira, responsável pela guarda do acervo jornalístico da emissora, ativa entre 1950 e 1980, primeiro canal de televisão comercial no Brasil.

Acessos a vídeos, sem áudio, cujas pautas aguardam transcrição.

link institucional: http://www.cinemateca.org.br

No menu horizontal, clique em Bases de Dados e depois em Acervo Jornalístico TV Tupi.

inserção em: 2010.09.29 – RM